Óleo de Tamanu

A árvore sagrada das mil virtudes

O Tamanu (Calophyllum Inophyllum), também chamado de Ati, Kamanu e Calophylle, é considerado a “árvore sagrada das mil virtudes”, pois é utilizado há centenas de anos por tribos indígenas na região do Pacífico, sobretudo na Polinésia Francesa. O óleo é extraído das amêndoas da planta, que são secas ao sol pelo período de um a dois meses. Nesse processo, as amêndoas perdem até um terço de seu peso, se tornam amarronzadas e paulatinamente ganham um óleo aromático. Esse óleo é extraído por esmagamento mecânico a frio e depois é filtrado.


O Óleo Vegetal de Tamanu contém uma ampla variedade de poderosos ácidos graxos antioxidantes e é excelente para promover a vitalidade da pele e dos cabelos. Na prática, isso significa alta capacidade de rejuvenescimento ao diminuir linhas finas, manchas, cicatrizes causadas pela acne e danos gerados pelo sol. O óleo de tamanu acumula propriedades calmantes e protetoras, antibacteriana, antisséptica, antiacne e regeneradora das células epidérmicas. A fragrância é amendoada e suave.

Além disso, o óleo de tamanu acelera a cicatrização da pele (nesse caso, ele fica ainda melhor misturado ao óleo de rosa mosqueta). Isso acontece devido a presença de Calophyllolide e Lactona, duas substâncias com capacidade única de estimular o crescimento de um novo tecido da pele. É considerado um aliado importante para o tratamento natural de estrias. Uma de suas vantagens é a rápida absorção pela pele, sem deixar aquele aspecto oleoso. É indicada a aplicação de apenas duas ou três gotas por dia no local que será tratado.

O óleo de tamanu também rejuvenesce o couro cabeludo, ajudando no crescimento forte e saudável dos fios, principalmente em pessoas que enfrentam problemas severos de queda de cabelo.

Pode ser usado na pele, no corpo, no rosto e nos cabelos para tratamento de acnes, cicatrizes , psoríase , eczemas, flacidez, picadas de insetos, hidratante corporal e fortalecedor capilar. Pode ser usado puro ou misturado com outros óleos vegetais e óleos essenciais.

Formas de uso:

Nos cabelos: 
– Reparador de pontas e finalizador: aplique algumas gotas do óleo no comprimento e pontas do cabelo seco ou úmido.
– Hidratação e umectação capilar: aplique o óleo nos cabelos secos e deixe agir por bastante tempo. Depois lave os cabelos normalmente.
– Tratamento capilar e pré-lavagem: o cabelo e couro cabeludo devem estar secos. Aplique o óleo no couro cabeludo, massageando por 5 minutos. Espalhe a sobra pelos cabelos, massageando da raiz em direção aos fios por 5 minutos. Deixe agir por mais 10 minutos; se desejar, pode enrolar o cabelo e colocar uma touca. Depois lave os cabelos normalmente, com shampoo duas vezes e o condicionador.
– Potencializador de máscara capilar: adicione algumas gotas do óleo em sua máscara capilar e aplique como de costume.

Os óleos graxos são altamente hidratantes, podendo ser adicionados a cosméticos ou até mesmo na substituição de loções corporais. Também chamados de óleos carreadores, os óleos graxos são comumente utilizados na Aromaterapia para diluir os óleos essenciais, favorecendo a aplicação e agregando potencial terapêutico ao adicionarem seus próprios princípios ativos. Podem ser aplicados em massagens, composição de cosméticos, compressas, banhos.

Fonte: Laszlo

Agora que você conhece os benefícios do óleo de tamanu, clique abaixo e peça o seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *